Carregando...
Carregando...

Voluntários atendem população após terremotos no México

Postado em 23 de Setembro de 2017 ás 18:39

Cidade do México, México… [ASN]  Horas depois de um poderoso terremoto, de magnitude 7.1, atingir a Cidade do México nesta terça-feira, 19, derrubando dezenas de edifícios e casas e matando centenas de pessoas, os adventistas do sétimo dia entraram em ação para ajudar no esforço de recuperação. Líderes da Igreja local informaram que não houve nenhuma morte entre os membros da igreja até agora.

 

Voluntários adventistas em Narvarte, Cidade do México, selecionam os medicamentos e suprimentos doados aos afetados pelo terremoto. (Foto: Associação Metropolitana da Cidade do México)

Igrejas e escolas locais abriram suas portas para arrecadar alimentos e medicamentos para serem distribuídos às vítimas do terremoto, disse Jorge García, diretor de comunicação da Igreja Adventista na região central do país. “Você pode ver os líderes dos Desbravadores e os membros voluntários da igreja mostrando o amor de Deus às pessoas necessitadas nas ruas, hospitais, escolas e edifícios”, disse García.

 

Banni Fuentes, 19 anos, líder de jovens na região metropolitana, contatou dezenas de outros líderes e jovens adventistas em toda a cidade, minutos após o terremoto, para se reunirem em diferentes locais e ajudarem voluntários durante as operações de resgate. “Havia muitos jovens preparando comida e levando às equipes de resgate e aos voluntários. Muitos também preparavam e entregavam refeições a centenas de pessoas que estavam indo para abrigos em toda a cidade”. “A comunicação tem sido esporádica, pois 40% da cidade está sem energia”, acrescentou.

 

Dezenas de administradores da igreja, líderes, pastores e membros adventistas locais também se uniram para ajudar nas operações de busca e resgate em toda a cidade.

Desbravadores a postos com pás para auxiliar as equipes de resgate, horas depois que os edifícios ruíram na Cidade do México. (Foto: Banni Fuente)

O Presidente da igreja na região central do México, o pastor José Dzul, reuniu-se com a liderança da igreja para planejar a resposta imediata. “Estamos muito felizes porque os líderes e os membros da igreja, em diferentes igrejas, se mobilizaram para a ação, depois do terremoto, para arrecadar alimentos e suprimentos para os afetados”, disse.

Centenas se mobilizaram, estabelecendo depósitos de alimentos e postos de medicamentos nas igrejas e escolas, onde as pessoas podem fazer doações para as vítimas do terremoto. “Desejamos continuar apoiando seus esforços para prover alimento às vítimas, às famílias, aos voluntários e às equipes de socorro espalhadas pela cidade, enquanto trabalham nas operações de resgate”, acrescentou Dzul.

O maior desafio que a igreja enfrenta agora, segundo Dzul, é que a infraestrutura da Igreja está muito afetada. “Nossas escolas e igrejas têm danos estruturais, algumas mais do que outras, mas ainda precisamos fazer avaliações completas dos danos. Obter os recursos para que essas instalações possam operar novamente será muito difícil”, explica.

 

Estado Mexicano de Morelos

Voluntários da ADRA separam suprimentos de emergência para ajudar os afetados pelos terremotos. (Foto: Associação Metropolitana da Cidade do México)

“Desde a ocorrência do primeiro terremoto, duas semanas atrás, temos nos concentrado em fornecer alimento para as vítimas do terremoto”, disse o pastor Moises Reyna, presidente da Igreja na região do país onde ocorreram os tremores. O terremoto de magnitude 8.2 abalou os estados de Oaxaca e Chiapas em 7 de setembro.

Em Jojutla, região mais atingida em Morelos, a Igreja estabeleceu postos onde estão sendo providas refeições diárias, cestas de alimentos e garrafas de água para as famílias mais afetadas. “Cerca de 500 líderes de Desbravadores e membros da igreja unem os esforços ajudando as pessoas em suas casas e ajudando a limpar os escombros”, relata Reyna. “Só sabemos que, em meio à crise, podemos confiar que Deus nos ajudará. Ele tem Seu povo pronto para este momento, e nos dá sabedoria para avançar”, conclui.

 

Assistência da ADRA

A ADRA México e suas dezenas de voluntários têm trabalhado 24h por dia para empacotar alimentos e bens para as famílias afetadas em Chiapas e Oaxaca, e para mais famílias afetadas pelo terremoto desta semana. “Acabamos de enviar um grande caminhão com quatro toneladas de alimentos e suprimentos para Oaxaca, hoje”, disse César Hernández, diretor da ADRA México. Mais carregamentos estão sendo coordenados para as famílias da capital nesta semana.

Grupo de voluntários da ADRA México, prontos para atender após os abalos de 19 de setembro. (Foto: ADRA México)

O escritório da instituição, situado na capital, começou a avaliar as necessidades horas depois do terremoto. O plano de resposta inicial beneficiará cerca de 1.500 famílias (aproximadamente 7.500 pessoas) afetadas na Cidade do México e nos estados de Morelos e Puebla. “Nosso plano principal é selecionar grupos de famílias cujas casas foram destruídas ou danificadas pelo terremoto, que não têm condições econômicas para enfrentar a situação e que precisam de apoio externo para sobreviver à situação de emergência”, explicou Hernández. “Estamos trabalhando com as autoridades locais para se concentrar em famílias com crianças, idosos e deficientes. Telhas também serão distribuídas a 514 famílias, bem como 600 fogões elétricos, pequenos, visto que as pessoas não podem usar seus fogões a gás devido aos danos nas tubulações”, acrescentou.

“Isso é o que chamamos na ADRA de um megadesastre com mais de 50 mil pessoas afetadas”, disse Hernández. “Continuaremos prestando assistência durante as próximas semanas e avaliando as necessidades adicionais decorrentes desse poderoso terremoto.”

Para doar diretamente à ADRA Interamericana, envie um e-mail para adra@interamerica.org. Para ficar atualizado sobre os esforços assistenciais no México, visite a página do Facebook da ADRA México. [Equipe ASN, correspondente Libna Stevens]

RÁDIO ADVENTO
Desenvolvido por rodrigoti