Carregando...
Carregando...

Como sobreviver à quarentena

Postado em 22 de Março de 2020 ás 15:49

A sua agenda é um turbilhão. Você estuda, trabalha, atende a mil compromissos e ainda tem sua rotina de cuidados pessoais. Ufa! De repente, surge um tal de coronavírus que, praticamente, te obriga a permanecer em casa, isolado. E agora?!

Para muita gente, fugir da rotina e ficar em casa “sem fazer nada” parece um sonho. Mas você já experimentou fazer isso compulsoriamente? Um fim de semana silencioso, relaxante, é uma coisa; uma dúzia de dias de confinamento e restrições é outra, bem diferente. Não mexe apenas na tua agenda de atividades; compromete o teu direito de ir e vir, fecha a tua praça social, e tudo isso enquanto você assiste a um cenário perturbador. Por mais necessária que seja a quarentena, não dá pra negar os seus maus efeitos. Por isso, aqui vão algumas dicas de coisas que você pode e/ou deve fazer para manter a saúde física e psicológica nesse período:

 

Fundamentais, todos os dias:

  • Faça atividade física. Dentro de casa, na varanda, no quintal, exercícios aeróbicos ou de musculação, o importante é manter o corpo em movimento e a musculatura trabalhando. A internet está repleta de conteúdo que pode nos auxiliar nisso.
  • Alimente-se bem. A nossa tendência é preferir a praticidade dos alimentos industrializados. Porém, evite-os ao máximo, assim como açúcares e gorduras. Mantenha uma dieta equilibrada, rica em produtos naturais como frutas, verduras e cereais, e refeições em horários definidos.
  • Beba água. Calcule a quantidade de que você necessita (35ml x peso corporal) e distribua esse total em porções ao longo do dia.
  • Durma bem. Não é porque você não precisa sair no dia seguinte que pode ficar acordado até a madrugada. O seu corpo precisa do repouso adequado sempre.
  • Alongue-se e exercite a sua respiração. Dedique uns minutos a isso ao acordar e antes de dormir. Também ao longo do dia, sempre que sentir a necessidade.
  • Exponha-se ao sol. Ao menos 20 minutos são fundamentais para manter o nosso organismo saudável. E lembre-se: use roupas leves, deixe os raios tocarem a sua pele, mas atente aos cuidados preventivos e evite os excessos.
  • Abra as janelas. É importante arejar todos os cômodos para evitar a proliferação de microorganismos danosos. Além disso, estudos comprovam que a luz e as cores têm efeito direto na produção de hormônios ligados ao humor.
  • Mantenha seu ambiente limpo, arrumado e confortável. Seu corpo e mente agradecem!
  • Estabeleça horários e um ambiente para o trabalho e os estudos. Em casa, temos a sensação de total flexibilidade. Mas, sem disciplina, essas tarefas acabam se misturando às pessoais, se atropelam e o rendimento é comprometido.
  • Conecte-se com Deus. Esse período de isolamento é perfeito para nos aproximarmos Dele, estudarmos e refletirmos na Sua Palavra e escutarmos a Sua voz falando à nossa mente.
  • Conecte-se com as pessoas. Já que o contato presencial não é possível, use a tecnologia ao seu favor. Escreva, ligue – de preferência, por videochamadas; ver o outro enquanto conversam faz toda a diferença. Apenas fuja da solidão; ela é nociva para seres sociais, como nós.

Complementares:

  • Nada de ficar só comendo, assistindo TV ou navegando na internet! Aproveite o tempo para fazer coisas construtivas e investir em você: leia bons livros, estude e pesquise algo do seu interesse, pratique um idioma, faça cursos online, assista a documentários…
  • Trabalhe num projeto pessoal. Aquele mesmo, que você “guardou na gaveta” faz tempo e vive querendo retomar!
  • Faça um planejamento financeiro e de metas pessoais. Se a correria do dia a dia não te permite parar para pensar nisso, esse é o momento!
  • Medite. Gaste um tempo refletindo. Há tanta coisa que merece a nossa atenção e nem sempre conseguimos dedicar!
  • Faça uma faxina na casa. Que tal aquela “revirada do desapego”? Separe tudo o que você não usa mais e que só ocupa o teu espaço e doe a alguém que necessita.
  • Faça artesanato. Além de ser uma ótima terapia, você pode criar coisas úteis para você e para outros.
  • Não descuide da aparência! Faça as unhas, hidrate os cabelos, cuide da pele Tua autoestima é mais importante do que a percepção dos outros ao teu respeito.
  • Ligue ou escreva para pessoas que há muito você não contata. A falta de tempo não é mais desculpa!
  • Faça uma terapia online. Muitos profissionais hoje atendem por videochamada.
  • Faça uns trabalhos extras pela internet. É uma oportunidade para você ganhar um dinheirinho a mais!
  • Pesquise sobre ONGs e projetos que você pode ajudar.
  • Desenvolva um ministério; compartilhe conteúdos sobre Deus e esperança, dê estudos bíblicos pela internet… Muitas pessoas também estão querendo aproveitar esse tempo para se aproximar de Deus, e você pode ajudá-las.

E então, já decidiu quais dessas dicas você vai adotar na quarentena? Lembre-se: manter a mente ocupada nos ajuda a evitar a ansiedade e as compulsões que derivam dela. No mais, temos um remédio que não falha: “Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme, porque confia em Ti” (Isaías 26:3).

 

 

Fonte : Noticias Adventistas

Contribua com a Rádio Advento, será maravilhoso também!