Carregando...
Carregando...

Cresce número de adventistas ao redor do mundo

Postado em 10 de Outubro de 2017 ás 21:19

O número de membros adventistas do sétimo dia, ao redor do mundo, está crescendo em ritmo acelerado, destaca David Trim, diretor do dDepartamento de Arquivo, Estatística e Pesquisa (ASTR, sigla em inglês), na apresentação de abertura do relatório da Secretaria. Ele foi o primeiro dos vários oradores do departamento de Secretaria da sede mundial adventista durante o primeiro dia de reuniões Comissão Diretiva da Igreja, que acontece em Silver Spring, Maryland, nos Estados Unidos.

A apresentação de Trim, que destacou as tendências estatísticas, anunciou que em 30 de junho de 2017, a Igreja Adventista tinha 20.343.814 membros batizados ao redor do mundo. Ele explicou que o aumento inclui o fato de que um processo de auditoria, que tenta contar os membros que deixaram a Igreja, tem diminuído depois de alguns anos de crescimento contínuo na maioria das regiões mundiais. As taxas de mortalidade dos membros são também menores, diz.

 

Porém, o processo de auditoria dos membros deve prosseguir. “Saber o número real nos ajuda a sermos bons mordomos e nos auxilia em nosso planejamento estratégico”, avalia. A auditoria dos membros “é uma ferramenta vital no ministério pastoral”.

Trim também revelou aos delegados da Comissão Diretiva que a taxa de perdas de membros é muito elevada: 39% ou 2 em cada 5 novos fiéis. “Quero lembrar que os membros, normalmente, não deixam a Igreja devido a diferenças teológicas, mas porque entram em crise na vida ou passam por conflito na comunidade da Igreja”, esclarece. “Eles podem se sentir esquecidos, desatendidos, insignificantes e, depois de alguns anos, eles simplesmente nos escapam pelos dedos”.

Líderes da Igreja Adventista de todo o mundo estão reunidos em um dos dois encontros anuais que acontecem na sede da denominação (Mylon Medley/ANN)

A despeito das perdas, ele considera que as adesões totais seguem aumentando, pois muitos lugares ao redor do mundo estão experimentando sucesso missional. “Uma pessoa é batizada na Igreja Adventista a cada 23 segundos”, reforça. Em 1991 havia um membro adventista para 758 habitantes; em 2016, esse número decresceu para um membro para cada 371 pessoas.

A “Janela 10/40”, uma região geográfica abrangente formada por 69 países, onde a maioria da população não é cristã, ainda é um desafio para a denominação. “Embora cerca de 40% da população mundial viva nessa região, há menos de três milhões de adventistas aí”, lembra.

 

Missão no Mundo

Gary Krause, diretor da Missão Adventista, assumiu a tribuna para contar aos membros da Comissão Diretiva que os missionários que estão servindo em regiões estrangeiras é formada por 814 adultos, além das respectivas famílias. A maioria viaja da América do Norte para servir em outra localidade. O plano para enviar dentistas e médicos ao redor do mundo conta atualmente com 62 missionários servindo, além de outros 31 se preparando para o serviço.

Gary Krause, diretor da Missão Global Adventista, apresenta dados sobre o panorama da missão adventista (Foto: Mylon Medley/ANN)

 

Sob o guarda-chuva da Missão Adventista está o Instituto da Missão Mundial (IWM, sigla em inglês), que provê treinamento intercultural para missionários que servem no estrangeiro. O IWM também oferece treinamento de regresso para os missionários que voltam para seu país, e está planejando um workshop intercultural e uma viagem para os filhos de missionários em 2018.

O Serviço Voluntário Adventista, que também faz parte da Missão Adventista, atualmente conta com 1.200 voluntários: 411 deles vindos da Divisão Norte-Americana Divisão Sul-Americana, as duas regiões que lideram no número de voluntários internacionais. O mandato da Missão Adventista também inclui criar a conscientização missionária, bem como materiais que possam ser baixados da internet em muitas línguas diferentes.

Os pioneiros da Missão Global, pessoas que viajam para servir e para plantar igrejas em áreas muitas vezes isoladas, sem presença adventista, totalizam mais de dois mil em 130 países, destaca Krause. E, no ano passado, o departamento alocou 2,3 milhões de dólares para 687 projetos de plantio de igreja ao redor do mundo.

“Graças ao novo Sistema de Prioridade Estratégica da Missão Global, que mapeia as áreas do mundo com maiores necessidades em termos de presença adventista, podemos compensar projetos nas cidades e em áreas de elevada prioridade”, explica Krause.

 

Fonte : Noticia Adventistas

RÁDIO ADVENTO
Desenvolvido por rodrigoti